Notícias Regionais

Três Passos contabiliza mais de R$ 2 milhões em perdas com a Covid-19

Levantamento se refere às principais fontes de recursos da cidade

Três Passos contabiliza mais de R$ 2 milhões em perdas com a Covid-19 | Foto: Elenara Bosa de Oliveira / Divulgação / CP

PUBLICIDADE

A prefeitura de Três Passos divulgou, nesta quarta-feira, um levantamento indicando que devido a pandemia do novo coronavírus, deixaram de entrar nos cofres públicos R$ 2,2 milhões em abril deste ano, 34,72% a menos do que o orçado para o período.

Segundo os dados do balanço da Secretaria Municipal de Finanças, em março a queda foi de 5,74%, reflexos provocados pela paralisação das atividades econômicas, com a queda da arrecadação nas principais receitas municipais tributárias. O levantamento se refere às principais fontes de recursos, ou seja, os impostos IPTU, IR, ITBI, ISS, Taxas, FPM, ICMS e IPVA.

O prefeito, José Carlos Amaral, disse que o déficit maior está na arrecadação com os dois principais impostos como ICMS e ISS, que incidem sobre as atividades econômicas. A arrecadação de ICMS foi de 44,55% abaixo do previsto e do ISS, 48,70% a menos em comparação a previsão. “Isso se deve, aos reflexos da crise da Covid-19 em todo o Rio Grande do Sul, que conforme relatório da Receita Estadual, houve queda expressiva no valor das notas fiscais emitidas no Estado, em comparação com igual período do ano anterior. Em 28 dias do mês de abril, o varejo acumulou perdas da ordem de 26% no Estado”, observa.

Amaral informou, ainda, que do suporte emergencial para auxílio aos municípios para enfrentamento da Covid-19, Três Passos recebeu até o momento do Governo Federal um montante de R$ 73,4 mil e do Estado o repasse foi de R$ 59,1 mil. “Os dois valores somam R$ 132,5 mil, representando apenas 6,01% dos prejuízos do município em função da pandemia até o momento”, detalha.

O chefe do Poder Executivo disse que os recursos vindos da União e do Estado foram investidos na aquisição de testes rápidos, pagamento de horas extras, estruturação da Unidade Sentinela, compras de EPI’s, compra de estruturas para os Pontos de Apoio e contratação dos Agentes Civis de Enfrentamento à Covid-19. “Registramos, ainda, que o município de Três Passos tem a receber do Governo Estadual o valor de R$ 2,4 milhões, recursos da área da saúde que vêm para os programas da Atenção Básica”, afirmou.

Fonte: Correio do Povo