Notícias Locais

Campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher” é lançada

Você sabia que 503 mulheres são agredidas por hora no Brasil? Você sabia que em dois minutos cerca de cinco mulheres são espancadas no país? E mais, você sabia que a cada 11 minutos um caso de estupro acontece? Os dados alarmantes foram apresentados na Tribuna Popular durante a Sessão Ordinária da última segunda-feira, na Câmara de Vereadores de Palmeira das Missões.

O espaço foi ocupado para o lançamento da campanha dos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher e contou com a participação da presidente da Comissão da Mulher Advogada (CMA), da OAB Subseção de Palmeira das Missões, Caroline Tasso, da Coordenadora Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres, Sara Ávila, e da Promotora de Justiça Manuela Paradeda Montanari.

A presidente da CMA, Caroline Tasso, explanou sobre história da campanha anual e internacional dos 16 dias de ativismo e, também, garantiu que a OAB/Subseção de Palmeira das Missões, juntamente com os demais órgãos municipais, estaduais e federais, busca conscientizar, informar e colaborar para a erradicação da violência contra a mulher.

Já a Coordenadora Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres, Sara Ávila, aproveitou o espaço para desafiar os vereadores a divulgarem as campanhas pelo fim da violência contra as mulheres nas redes sociais, enfatizando a importância de conscientizar a população para que lute por essa causa. Ela também destacou que a violência doméstica adoece toda a família da vítima e que os reflexos disso é o aumento da criminalidade, do uso exorbitante de drogas e álcool, e outros problemas sociais.

A Promotora de Justiça Manuela Paradeda Montanari apresentou aqueles dados que você leu no começo do texto e também divulgou a cartilha virtual sobre violência doméstica lançada recentemente pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul. Manuela também destacou o quanto é importante falar sobre o assunto e levar informações sobre a violência contra a mulher a público.

Após as falas das ocupantes da tribuna, os vereadores também se pronunciaram para apoiar a campanha dos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher e questionaram acerca do tema.

Para finalizar a Tribuna Popular, a menina Luíza Salaberry fez uma apresentação cantando a música “Marias Gaúchas”.

Fonte: Jornal Expressão Regional