Esportes

Guerrero passa em branco contra o Flamengo e vive maior jejum pelo Inter

Por Eduardo Deconto — Porto Alegre

Guerrero passa em branco contra o Flamengo e vive maior jejum pelo InterGuerrero passa em branco contra o Flamengo e vive maior jejum pelo Inter

Wesley Santos/Agência PressDigital

Paolo Guerrero bem que lutou e fez o que pôde para se desvencilhar da marcação implacável de Rodrigo Caio e Pablo Marí. Em vão. O centroavantepassou em branco ao longo dos 180 minutos das quartas de final da Libertadores contra o ex-clube, Flamengo, e não conseguiu evitar a eliminação do Inter com empate em 1 a 1 na última quarta-feira, no Beira-Rio.

Sem marcar também na derrota por 2 a 0 no Maracanã, no duelo de ida, o peruano vive seu maior jejum desde que estreou pelo Inter, em abril. São quatro jogos e um total de 360 minutos sem gols. Um número não tão significativo quanto os 24 jogos sem gols de Nico López, mas que chama atenção, dado seu poderio de artilheiro da equipe no ano, com 11 gols em 21 jogos.

Guerrero não balança as redes desde a vitória por 2 a 0 sobre o Nacional, no jogo da volta das oitavas de final da Libertadores, no Beira-Rio. De lá para cá, ele esteve em campo nos duelos por Copa do Brasil e Libertadores e no empate em 0 a 0 com o Corinthians (veja abaixo).

 
 
Maurício Saraiva comenta falhas no desempenho do Inter contra o Flamengo

Maurício Saraiva comenta falhas no desempenho do Inter contra o Flamengo

Algo semelhante ocorreu no Maracanã, mas com uma carga emocional a mais. No reencontro com a torcida do ex-clube, Guerrero foi alvo recorrente de provocações e vaias. E demonstrou irritação em campo nas batalhas com a dupla de zaga rival. Ele recebeu cartão amarelo por reclamação e chegou a rebater torcedores ao deixar o gramado para o vestiário.

Eliminado, o Inter volta o foco para o Brasileirão. No próximo sábado, às 21h, a equipe recebe o Botafogo no Beira-Rio, pela 17ª rodada. Depois, tudo é Copa do Brasil.

Na próxima quarta-feira, às 21h30, o Inter tem pela frente o Cruzeiro no jogo da volta da semifinal. O Colorado joga por um empate no Beira-Rio para avançar à final. Guerrero estará em campo, graças ao esforço próprio: ele pediu liberação da convocação pela seleção peruana para defender as cores coloradas.

Os jogos sem gols de Guerrero:

  • Cruzeiro 0 x 1 Inter – semifinal da Copa do Brasil
  • Inter 0 x 0 Corinthians – 15ª rodada do Brasileirão
  • Flamengo 2 x 0 Inter – quartas de final da Libertadores
  • Inter 1 x 1 Flamengo – quartas de final da Libertadores

Fonte: Globo Esporte