Notícias Locais

Carijinho da Canção Gaúcha: a renovação da música nativista

O Carijo da Canção Gaúcha, há 17 anos abre suas portas para os novos talentos da música regional através do Carijinho, que é realizado junto no palco principal do festival, tendo como objetivo principal a abertura de espaço e assim valoriza as apresentações dos pequenos cantores. O festival, que tem como objetivo promover a integração dos jovens artistas no contexto da musical nativista e revelar novos talentos, e tornou-se um dos eventos mais importantes no calendário dos festivais no segmento infanto e juvenil. A edição deste ano contou com aproximadamente 200 inscrições.

A edição deste ano foi realizada na tarde do último domingo, e recebeu crianças e jovens de diversos municípios do estado e também de Palmeira das Missões. Na categoria Piá, subiram ao palco sete intérpretes com idade de até 13 anos, sendo eles: Murilo Vargas, Maria Fernanda Costa, Miguel Conrad Madri, Júlia do Amaral Antonini, Piettro Godois Fucks, Matheus Pimentel Nunes e Bianca Berton Largo. Já a categoria Piazote, que contempla jovens de até dezessete anos de idade, recebeu os seguintes concorrentes: Stefani Schimit dos Santos, Juan Winz, Júlia Almeida, Darian de Mello Vargas, Giovanna Cavalheiro, Vítor Santos Machado e Amanda Nunes.

A secretária municipal de Educação e coordenadora executiva do 17º Carijinho, Nirlene Boeri, ressaltou a importância do evento para a renovação da música gaúcha. “O Carijinho iniciou no lonão (palco paralelo) e em 2013 conseguimos trazê-lo para o palco principal, demonstrando todo o respeito que temos com os pequenos músicos. As crianças que se apresentam aqui estão sendo projetadas para tornarem-se grandes intérpretes e compositores no futuro”, enfatizou.

Enquanto os jurados Adams Cezar, Angelino Rogério, Evandro Otero, Roberta Soares e Rodrigo Gonçalves se encarregavam da difícil tarefa de definir os vencedores da 17ª edição, o público foi agraciado com o show de intervalo da gauchinha Luiza Barbosa Dias. Ela, que já foi vencedora do Carijinho, encantou a todos com seu carisma e com a linda voz. Após o show foram conhecidos os vencedores.

Categoria Piá

1º lugar: Ringindo Bastos, interpretada por Matheus Pimentel Nunes; 2º lugar: Nem que Seja por Um Dia, interpretada por Bianca Berton Largo; 3º lugar: Onde habita a luz, interpretada por Júlia Amaral Antonini. Melhor instrumentista: Leonardo Schneider; Destaque da Categoria: Piettro Godois Fucks

Categoria Piazote

1º lugar: Mango Carneador, intérprete: Juan Winz; 2º lugar: De Cruzada, intérprete: Amanda Nunes; 3º lugar: Caminhos de Vira-mundo, Intérprete: Vitor Santos Machado. Melhor instrumentista: Matheus de Camargo. Destaque da Categoria: O perfume do teu poncho. Intérprete: Júlia Almeida.

Crédito fotos: Carine Zandoná Badke

Fonte: Jornal Expressão Regional