Notícias Locais

A composição “Enquanto Atava seu Lenço” foi à vencedora do 34º Carijo

Celebrar a essência do tradicionalismo e disseminar os ritmos nativistas do Rio Grande do Sul, de modo a integrá-los ao conjunto da cultura musical para além das fronteiras do estado, é um dos principais objetivos do Carijo da Canção Gaúcha. Na noite deste domingo (26), subiram ao palco as 14 composições que farão parte do CD e do DVD do festival, sendo dez músicas da fase geral e quatro da fase local.

A quarta e última ronda contou com a apresentação do músico Miguel Marques no show de intervalo, que animou o público presente, enquanto os jurados reuniram-se para escolher as composições premiadas. Em seguida, Genuína Dalberto e Ricardo Henrique Favin, apresentadores desta edição do festival, anunciaram as músicas concorrentes na finalíssima. Enfim o momento mais esperado da noite. A divulgação do resultado das composições vencedoras dessa edição do festival.

O primeiro lugar foi conquistado por Nilton Ferreira, com a canção Enquanto Atava seu Lenço, tendo como prêmio o troféu Soldado Pé-no-Chão e R$ 10.000,00. O segundo lugar foi conquistado pela palmeirense Alana Moraes, com a canção Sacrossanto Chimarrão, tendo como premiação R$ 7.000,00 em dinheiro e o troféu Tarefeiro. A música Boinita, interpretada por Marcelo Oliveira foi à terceira colocada, recebendo como prêmio, o Troféu Erva-Mate e R$ 4.000,00 em dinheiro. O melhor intérprete do festival foi cantor Nilton Ferreira com a canção Enquanto atava seu Lenço, tendo como prêmio o Troféu Chimarrão e R$ 500,00 em dinheiro. O melhor instrumentista foi o músico Diogo Barcelos, levando como prêmio o Troféu Sapecador e R$ 500,00 em dinheiro. O Melhor Arranjo Instrumental também foi conquistado por Diogo Barcelos, tendo com prêmio o Troféu Cancheador e R$ 500,00 em dinheiro. O troféu Soque de Erva foi conquistado pelo Grupo Chão de Areia, com a canção O Caçador de Ventos. Além do troféu tiveram com prêmio o valor de R$ 500,00 em dinheiro. O melhor trabalho poético foi conquistado pelo compositor Igor Silveira, com a canção Enquanto atava seu Lenço, levando como prêmio o troféu Carijo em R$ 500,00 em dinheiro. O troféu Mozart Pereira Soares, de Melhor trabalho sobre a história de Palmeira das Missões foi conquistado por Ismael Antonio Vannini, com a canção Palmeira do Tempo, bem como R$ 500,00 em dinheiro. O Melhor Tema Ecológico foi conquistado por Alexandre Lima, com a canção O Sumo da Vida, tendo como prêmio o valor de R$ 500,00 e o troféu Palmeira das Missões. A música mais popular foi Sacrossanto Chimarrão, interpretada por Alana Moraes, que levou como prêmio o

Troféu Rio Guarita e R$ 500,00 em dinheiro. A melhor composição sobre a temática da erva-mate foi conquistada por Aurélio Moraes, com a Canção Sacrossanto Chimarrão, tendo como prêmio o Troféu Cevadura e R$ 500,00 em dinheiro.

Fonte: Jornal Expressão Regional