Notícias Locais

Segurança e garantia da Lei no Carijo é tema de reunião no Ministério Público

Aconteceu no final da tarde da última segunda-feira, no auditório da Promotoria de Justiça de Palmeira das Missões, uma reunião, para o repasse de orientações sobre a fiscalização, visando à segurança e a garantia da Lei e da Ordem durante o 34° Carijo da Canção Gaúcha.

Além dos Promotores de Justiça, Marcos Eduardo Rauber e Guilherme Martins, estiveram presentes o Comandante do 39° Batalhão de Polícia Militar, capitão Jarbas Bohrer; o Capitão João Antônio Winter Pedroso; a Tenente Magda Luciani Ávila dos Santos; o Comandante do Corpo de Bombeiros, Tenente Gelson Rogério Ardenghi; o vice-prefeito Lúcio Borges; o Secretário Municipal de Cultura e Turismo, Celso Augustinho Valduga; o presidente da comissão organizadora do festival, Antônio Augusto Korsack Filho; representante da Procuradoria do Município; demais integrantes da Comissão Organizadora, Conselheiros Tutelares, Guardas Municipais e agentes da vigilância privada contratados para o evento.

Durante o encontro, os promotores de justiça e os representantes da Brigada Militar enfatizaram a necessidade de interação entre as diversas forças de segurança e a organização do evento, para a garantia da segurança no festival e a repressão de ações ilícitas ou que possam gerar perigo, especialmente agressões físicas, porte ilegal de armas, tráfico de drogas ilícitas, fornecimento de álcool e outras substâncias que causam dependência a crianças e adolescentes.

Em relação à utilização de armas brancas (facas e espetos), ficou definido que somente será permitido dentro das barracas e nos restaurantes, para o preparo e consumo dos alimentos, sendo tais instrumentos passíveis de apreensão (como medida preventiva e de segurança), caso portadas ou transportadas indevidamente fora desses recintos.

Os Promotores também ressaltaram o teor do acordo firmado com o Município nos autos da Ação Civil Pública n. °020/5.16.0000041-4, homologado pelo Juízo da 2ª Vara Judicial da Comarca, que dispõe sobre as regras para participação de menores de 18 anos no evento, bem como a necessidade de fiscalização do cumprimento das obrigações estabelecidas.

Fonte: Jornal Expressão Regional