Esportes

Nonato realiza sonho na Libertadores, cava espaço e pode ganhar sequência no Inter

Por Eduardo Deconto — Direto de Buenos Aires, Argentina

Nonato realiza sonho na Libertadores, cava espaço e pode ganhar sequência no InterNonato realiza sonho na Libertadores, cava espaço e pode ganhar sequência no Inter

Ricardo Duarte/ Internacional

Nonato viveu minutos de nervosismo no vestiário do estádio Monumental de Nuñez até a bola rolar para a sua estreia como titular do Inter na Libertadores, em um palco daquela magnitude e contra o atual campeão da América.

Mas bastou pisar o gramado para a ansiedade dar lugar a uma atuação sólida no empate em 2 a 2 com o River Plate. Uma amostra digna de consolidar sua afirmação no elenco colorado.

Na última terça-feira, o jovem tornou o sonho em realidade ao substituir Patrick, preservado por estar pendurado com dois cartões amarelos. No meio-campo, ele não sentiu o peso da partida e viveu uma noite de quem parecia estar calejado na competição continental.

O meia foi combativo em desarmes e interceptações para frear as investidas e tentar recuperar a bola no campo de ataque. Deu velocidade à saída do Inter para o setor ofensivo. Em sua função habitual, Nonato ditou o ritmo da equipe com passes precisos e retenção de bola quando necessário.

Embedded video

Eduardo Deconto

@_eduardodeconto

 

Nonato diz que realizou sonho hoje aqui no Monumental

54 people are talking about this
 
 

O jovem só foi substituído no final do jogo, justamente por Patrick, após sentir dores no ombro. Nada que tirasse o sorriso do rosto. A felicidade ficou evidente para companheiros, integrantes da comissão técnica e dirigentes. E o próprio meia transpareceu este sentimento na zona mista do Monumental.

– Confesso que é um sonho de criança que consegui realizar. A equipe teve uma grande atuação, e quando o coletivo vai bem, as individualidades aparecem. Só tenho a agradecer pela oportunidade. Temos coisas grandes a conquistar na competição ainda – diz o garoto.

Em busca de sequência

O desempenho em Buenos Aires serve de trunfo para Nonato ganhar sequência como titular do Inter, até pela indefinição sobre Patrick. O volante atuou apenas nove minutos em Buenos Aires, mas sentiu um desconforto na coxa esquerda e será reavaliado na reapresentação do elenco, nesta quinta-feira.

O técnico Odair Hellmann também aprovou a atuação do meia. Ao seu jeito, porém, o treinador evitou tecer elogios individuais a Nonato e se ateve a analisar o rendimento coletivo da equipe.

 

Nonato no retorno do Inter a Porto Alegre — Foto: Lucas Bubols / GloboEsporte.comNonato no retorno do Inter a Porto Alegre — Foto: Lucas Bubols / GloboEsporte.com

Nonato no retorno do Inter a Porto Alegre — Foto: Lucas Bubols / GloboEsporte.com

– Eu não posso falar só do Nonato, porque todos fizeram uma partida muito boa em todos os sentidos, tática, técnica, de imposição. Na minha modesta opinião, merecíamos a vitória. Nos impusemos diante do campeão da América. Quando tivemos espaço, puxamos contra-ataques. Quando não, colocamos a bola no chão – disse o treinador.

A atuação em solo portenho serve ainda para o meia deixar para trás de vez a expulsão na derrota por 1 a 0 no Gre-Nal de reservas, na Arena, pela primeira fase do Gauchão. O episódio sempre foi visto internamente como um erro capaz de gerar aprendizado ao jovem nos primeiros passos da carreira. Ao que parece, a lição surtiu efeito.

Promovido ao elenco principal no início deste ano, Nonato soma 12 partidas pelo Inter em 2019, das quais nove como titular. O meia teve seu contrato de empréstimo do São Caetano ampliado até o final da temporada. O Inter já definiu que exercerá a opção de compraprevista ao término do vínculo.

Após o empate na Argentina, o elenco colorado desembarcou em Porto Alegre na tarde de quarta-feira e tirou o restante do dia de folga. A reapresentação ocorre na tarde desta quinta, no CT do Parque Gigante. No próximo domingo, enfrenta o Cruzeiro, no Beira-Rio, pela quarta rodada do Brasileirão.
 
Fonte: Globo Esporte