Notícias Locais

Palmeira das Missões sediou Encontro Regional do Conselho Estadual de Cultura

Durante toda a última sexta-feira, Palmeira das Missões respirou cultura no Centro Cultural Professor Mozart Pereira Soares. Através do Encontro Regional do Conselho Estadual de Cultura, a cidade pode dialogar e capacitar o público presente. O evento foi realizado pela Administração Municipal, através da Secretaria de Cultura e Turismo, Associação dos Municípios da Zona de Produção (AMZOP) e do Conselho Estadual de Cultura.

Durante o ato de abertura do evento, o prefeito municipal enfatizou a importância da cultura no processo de ensino-aprendizagem e nas políticas públicas. “A cultura é um instrumento de inserção social capaz de transformar vidas e através de eventos como este é que percebemos o quão importante é para a formação do ser humano e mudança em diferentes aspectos no contexto em que vivemos”, ressaltou Eduardo Russomano Freire.

Na sequência ocorreu uma apresentação dos alunos da Associação Escola de Música e Arte do Rotary – importante projeto Cultural Social do município, que há 11 anos transforma vidas de crianças e jovens. Logo após, foi realizada a reunião ordinária do Conselho Estadual de Cultura. Na oportunidade, os conselheiros presentes puderam se apresentar, falar sobre os segmentos nos quais trabalham e, também, dialogar diretamente com o público, sobre as necessidades e melhorias que a cultura carece em todo o estado do Rio Grande do Sul.

O presidente do Conselho Estadual de Cultura, Marco Aurélio Alves reforçou que o seu papel e do Conselho como um todo é encontrar uma linguagem capaz de transformar o ser humano através da arte, ouvir a população e a partir desta troca alcançar políticas públicas mais efetivas. “Esse encontro é uma oportunidade para a comunidade cultural ter voz, manifestando suas visões. Queremos sugestões, propostas, análises, tudo será bem-vindo. Nós como Conselho Estadual, queremos ajudar e fortalecer cada vez mais as atividades culturais, e entendemos que ir ao encontro das mais variadas regiões do Estado, e, sobretudo, no interior é uma ótima forma de interação”, afirmou Marco.

No período da tarde, o Grupo Artístico Municipal de Barra Funda deu início às atividades com uma apresentação circense. Além das seis oficinas de Capacitação que agitaram as salas do Centro Cultural: Estruturação da Gestão Pública para a Cultura, Comunicação para a Cultura, Patrimônio Cultural – políticas de preservação e conservação, Elaboração de Projetos Culturais, Artes Cênicas e Folclore e Culturas Populares, as quais proporcionaram uma grande bagagem aos participantes, em diferentes áreas de atuação.

Já ao final da tarde, além de uma apresentação musical de violão e violoncelo, de musicistas que residem em Ronda Alta e a estreia do calendário de eventos da AMZOP, aconteceu o lançamento do livro “Conselho Estadual de Cultura: 50 anos – Palco da Nossa História”. O público presente foi contemplado, de forma gratuita, com um exemplar do livro. Os conselheiros também tiveram a oportunidade de autografar as obras.

Além das autoridades referidas acima e de lideranças dos municípios pertencentes à área de abrangência da AMZOP, prestigiaram o evento, José Aírton Ortiz, Jorge Luís Stocker Júnior, Luís Antônio Martins Pereira e Marlise Machado, o coordenador cultural da Amzop, Juliano Oliveira, a coordenadora do departamento de promoções culturais da secretaria de cultura e turismo e presidente do conselho municipal de políticas culturais, Adriana Bagatini,, vice-prefeito Lúcio Borges, o presidente da Câmara de Vereadores, Fernando Vilande, secretário municipal de Cultura e Turismo, Celso Augustinho Valduga, e o defensor público e presidente do Carijo da Canção Gaúcha, Antonio Korsack Filho. Completando a equipe, como palestrante convidado na oficina de tradição e folclore, Rogério Bastos, da Comissão Gaúcha de Folclore.

Crédito fotos: Yasmin Mafalda/AI e divulgação SMCT

Fonte: Jornal Expressão Regional