Colunistas João Wellington Lehnen

Futebol em Destaque 05.04.2019

INTERNACIONAL: A equipe do Internacional venceu no último domingo o Caxias, no jogo de ida, e com isso, deu passo importante para a conquista de uma das vagas da final do Campeonato Gaúcho. O Internacional atuou com uma equipe praticamente reserva, a exceção foi à escalação do goleiro Marcelo Lomba, que teve uma belíssima atuação. O resultado desta partida foi o mesmo do jogo da primeira fase entre as duas equipes.

A torcida é movida de paixão, bastou o rejeitado Jonathan Alves marcar o gol da vitória, para que passassem a pedir a sua permanência na equipe. Enfim, nada como um dia após o outro, as atletas Camilo e Jonathan Alves, os renegados por Odair acabaram contribuindo para uma importância vitória da equipe do Internacional.

GRÊMIO – “Tesão” de jogo, esta foi à expressão utilizada durante as entrevistas pelo treinador Renato Portalluppi após o sofrível empate em Ijuí, diante do São Luiz, ou seja, o Grêmio não teve “tesão” de jogo. A equipe gremista poderia ter liquidado a fatura, se tivesse marcado parte dos gols desperdiçados durante a partida, provavelmente por precipitação de seus jogadores. Dará Grêmio em Porto Alegre? Creio que sim, com certeza, como havia escrito na edição anterior, que somente uma tragédia, chamada “incompetência” tirará Grêmio e Internacional da final do Campeonato Gaúcho. Indiscutivelmente Grêmio e Internacional são as duas melhores equipes da competição, com um amplo favoritismo da equipe gremista pela qualidade de seu grupo.

OURO VERDEComo diz o humorista gaúcho Guri de Uruguaiana: “mas que barbaridade”, foi o que aconteceu no treino dos veteranos do Ouro Verde, na tarde do último sábado, o Estádio Estrela D’Alva. As equipes foram escaladas com os “meninos idosos” e completadas com os garotos das categorias de base, o que tornou o treino bastante corrido, uma verdadeira peleia, com muitas chances de gols, algumas desperdiçadas, outras com a marcação de belíssimos gols, um deles, do atleta Hiran, que de trivela marcou uma tremenda “bucha”, no ângulo, após o rebote da zaga adversária. Desta vez, as equipes foram escaladas pelo Clovinho, que tentou “quebrar a panela”, porém, a inteligência do presidente foi rápida, ou seja, após sair do treino fez as substituições necessárias em sua equipe “Periquito” e com isso buscou o empate pelo placar de 4 a 4 diante do Canarinho.

A direção do Esporte Clube Ouro Verde informa que após o encerramento dos campeonatos de Verão do Centenário e Guarita realizará atividades mais intensas, inclusive algumas partidas amistosas. Aproveita para lembrar que quem quiser participar passar na tesouraria e ter mais frequência ao clube.

AVP PALMEIRA FUTEBOL 11 No último sábado (30/03), a equipe da AVP Palmeira Futebol 11 jogou na cidade de Dois Irmãos das Missões, contra o Cruzeiro, onde foi derrotada pelo placar de 4 a 2. Os gols da equipe palmeirense foram marcados por Mindo e João. O próximo compromisso da equipe da AVP Palmeira Futebol 11, será no sábado (05/04), em Seberi, onde enfrentará o Cruzeiro.

FUTEBOL BRASILEIRO/SELEÇÃO: na última segunda-feira, tive a oportunidade de assistir o Programa Bem Amigos, ocasião em que seus participantes fizeram uma análise da situação do futebol brasileiro. Bebeto, ex-jogador da Seleção Brasileira, Muricy Ramalho e Caio Ribeiro são da opinião de que a maioria dos clubes brasileiros, assim como, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) realizam um péssimo trabalho nas categorias de base, o que fez com que o Brasil não conquistasse nenhum título desde o ano 2003, através das categorias sub 17 e sub 20. O Brasil não participará do Sul Americano, em função da goleada pelo placar de 3 a 0, sofrida para a Argentina, e com isso, acabou sendo eliminada. Outro fator que tem contribuído para o fraco desempenho do futebol brasileiro, diz respeito, a transferência dos seus principais atletas, ainda muito jovens para a Europa, permanecendo aqui no Brasil, os jogadores medianos.  O ex-jogador Caio chegou a utilizar a seguinte frase temos muitos “técnicos” de futebol e não “treinadores”. Estes últimos acabam influenciando na personalidade dos jovens atletas, ao contrário dos técnicos que dirigem a maioria dos clubes brasileiros e ensinam somente a parte técnica. Enfim, o futebol brasileiro deixou de ser futebol arte, pensando apenas na parte técnica. Concordo plenamente com eles, além disso, o que tem levado a queda do futebol brasileiro são as, mas gestões dos dirigentes dos clubes brasileiros, que pensam apenas nos seus umbigos, ignorando seus torcedores, que são os que sustentam o futebol.

FOTO DA SEMANA

A foto abaixo foi clicada durante o treino da tarde do último sábado (30), o que comprova a parceria e amizade existente entre os veteranos e jovens do Esporte Clube Ouro Verde. Nossa mensagem: “Oouroverdeativo”