Notícias Estaduais

Aulas são suspensas em cidades do RS devido a manifestações

Por G1 RS

 

 

Protesto contra a reforma da Previdência ocorre na Praça de Ijuí, no Noroeste do estado — Foto: Reprodução/RBS TVProtesto contra a reforma da Previdência ocorre na Praça de Ijuí, no Noroeste do estado — Foto: Reprodução/RBS TV

Protesto contra a reforma da Previdência ocorre na Praça de Ijuí, no Noroeste do estado — Foto: Reprodução/RBS TV

Escolas do Rio Grande do Sul suspenderam as aulas nesta sexta-feira (22) devido a protestos que ocorrem em todo o país contra a reforma da Previdência. Professores, funcionários participam do ato.

No Noroeste do estado, 35 escolas paralisaram as atividades completa ou parcialmente. Em Ijuí, a manifestação começou às 9h na Praça da República e deve seguir durante a tarde.

O ato foi organizado pelos sindicatos da região e, além de professores e funcionários, reuniu também estudantes para um debate sobre as mudanças sugeridas pelo governo federal e sobre o impacto dessas mudanças para os trabalhadores.

 

Escolas estão paralisadas em Santa Maria nesta sexta-feira (22) — Foto: Reprodução/RBS TVEscolas estão paralisadas em Santa Maria nesta sexta-feira (22) — Foto: Reprodução/RBS TV

Escolas estão paralisadas em Santa Maria nesta sexta-feira (22) — Foto: Reprodução/RBS TV

Na Região Central, a paralisação ocorre na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e em escolas estaduais.

De acordo com o sindicato dos professores estaduais, o CPERS, pelo menos 30 das 40 escolas do estado em Santa Maria tiveram as atividades total ou parcialmente canceladas. Na UFSM, de acordo com o sindicato dos docentes, foi convocada uma paralisação de 24 horas para professores e servidores da instituição.

No Norte do estado, em Passo Fundo, segundo o CPERS, das 36 escolas estaduais, 14 estão paralisadas total ou parcialmente.

O CPERS também registrou adesão aos protestos em Júlio de Castilhos, São Martinho da Serra, Silveira Martins, Cacequi, Formigueiro e Pinhal Grande.

Outros protestos pelo estado

 

Na ERS-324, em Pontão, trânsito foi interrompido — Foto: Reprodução/RBS TVNa ERS-324, em Pontão, trânsito foi interrompido — Foto: Reprodução/RBS TV

Na ERS-324, em Pontão, trânsito foi interrompido — Foto: Reprodução/RBS TV

Na ERS-324, em Pontão, na Região Norte do estado, trabalhadores rurais, professores e integrantes de movimentos sociais interromperam o trânsito durante a manhã. A cada 15 minutos, o grupo liberava o fluxo. O protesto começou às 8h e terminou por volta das 11h.

Em Três de Maio, na Região Noroeste, um ato na Praça da Bandeira reuniu, durante a manhã, cerca de 200 pessoas que representam diversas categorias. A maior parte do grupo era formada por professores e estudantes.

Fonte: G1