Colunistas João Wellington Lehnen

Futebol em Destaque 08.02.2019

CAMPEONATO GAÚCHO

Grêmio – A equipe do Grêmio lidera o Campeonato Gaúcho, com 13 pontos, quatro pontos a frente do São José, vice-líder e seis pontos dos demais, inclusive o Internacional. O desempenho da equipe do Grêmio comprova ter tido um planejamento melhor do que as demais equipes participantes da competição. Também é nítida a superioridade técnica sobre as equipes do interior do Estado. 

No último domingo diante do Caxias, após sofrer uma pressão na primeira etapa, o Grêmio voltou para a segunda etapa bem superior e resolveu o jogo em poucos minutos, com dois gols de Pepe, que tem sido um dos destaques da equipe de Renato Portalupi. O terceiro gol foi marcado por Felipe Vizeu, recentemente contratado.

E equipe de Renato Portalluppi tem sistema de jogo definido, independente dos jogadores que são escalados pelo treinador. O zagueiro Walter Kannemann retornou a equipe do Grêmio, jogando um excelente futebol, tendo como companheiro de zaga Paulo Miranda, formando uma verdadeira “parede”. Paulo Miranda, que em 2018, quando da sua chegada do Grêmio não teve um bom desempenho, a partir deste ano, parece ter encontrado o seu futebol. A equipe tem demonstrado estar preparada para a estreia na Copa Libertadores da América.

Internacional – Diante de 16 mil torcedores no Estádio Beira-Rio, na noite da última segunda-feira, a equipe parecia estar desesperada na busca do retorno das vitórias. Enfrentou o Brasil de Pelotas, que também atravessa uma fase difícil, com seu técnico armando uma retranca muito forte, na busca de um empate em zero a zero. Porém o Internacional conseguiu a vitória com um gol “chorado” do Rodrigo Moledo, e com isso, deu um pouco de esperança ao torcedor, que andava cabisbaixo neste ano de 2019.

Será que o técnico Odair conseguirá fazer sua equipe jogar de acordo com a grandeza de sua camiseta? E com isso acabar com a preocupação do torcedor, em relação aos campeonatos em que disputará ao longo deste ano, sem o medo das eliminações precoces? Será difícil e complicado, a direção e comissão técnica terão muito trabalho, pois pelo visto, a qualidade técnica dos atletas contratados neste é inferior a dos jogadores que foram para outros clubes. Quem sofre com isso é o torcedor, enfim, haja coração. 

OURO VERDE – O treino dos veteranos do Ouro Verde, no último sábado, foi disputadíssimo. As equipes tiveram que ser reforçadas com atletas das equipes de base. Desta vez, foi vencido pela equipe Periquito pelo placar de 3 a 2, sobre a Canarinho, do presidente Wanderlei Freitas. Destaques positivos do treino: a boa atuação do “menino veterano” Alex Orlando (o Geromito). Atravessa uma fase muito boa, além de ser exemplo aos demais jogadores, joga sem reclamar dos companheiros e da arbitragem. Alex é sobrinho do Roque Barth e orgulha a todos pelo futebol apresentado. Existe a dúvida: em relação a quem lhe ensinou a jogar, se foi o tio Roque ou outra pessoa. Outro destaque do treino foi o Alexandre Quadros, atuando como volante, defendeu muito sua equipe, bem como armou contra ataques e até superou-se em conclusões ao gol. Pelo visto Alexandre quer deixar o Ranking “C” e passar para o “B”. Já na equipe Canarinho, apesar da derrota, Adriano Pagliarini teve uma boa atuação na zaga, não faltou esforço para tentar garantir ao menos um empate, mas não teve como. Destaques Negativos: o calor forte, que fez com o treino fosse iniciado às 17h05min e encerrado às 18h17 minutos, ou seja, com apenas uma hora e doze minutos. Mesmo com apenas este tempo, alguns atletas “cansaram” e resolveram abandonar o treino, deixando seus companheiros na mão, o que fez com que ficassem irritados. Atitudes estas que não deveriam ter ocorrido.

AVP PALMEIRA FUTEBOL 11 – A equipe da AVP Palmeira Futebol 11 folgou no último sábado. O próximo compromisso será no sábado (09/02), no Estádio Luciano Ferreira Martins, em Palmeira das Missões, diante da equipe do São Luiz da cidade do Braga.

HOMENAGEM DA SEMANA

Jairo de Bairros (Cabelinho): Com muita tristeza nos despedimo-nos na última terça-feira, deste grande amigo e desportista. Conhecido em nossa comunidade e na região por “Cabelinho”. Ex-jogador das equipes do Ouro Verde e do Palmeirense, nas décadas de 60 e 70, bem como, de várias equipes de futsal nos bons tempos dos torneios de verão da cidade. Um grande amigo e excelente profissional. Lembro-me de minha infância e adolescência quando o via jogar futebol de campo, muitas vezes pela ponta esquerda, rápido e goleador, assim como no futsal. Cabelinho foi aguerrido na luta pela vida, mesmo acometido pela doença, quando o encontrava sempre de bom humor. Torcedor fanático do Internacional. Deixará saudades para os familiares e amigos, mas o teremos sempre na lembrança de seus bons momentos, em especial na área esportiva.

Legenda:

Foto 01: Jairo de Bairros (Cabelinho) na companhia de sua filha Ana

Foto 02: Equipe da Tabecar, tendo o atleta Cabelinho agachado, o segundo da esquerda para direita