Notícias Estaduais

Com novos casos de sarampo, pessoas de 15 a 29 anos devem ser vacinadas em Porto Alegre

Por G1 RS

 

Rio Grande do Sul é o terceiro estado em número de casos de sarampo. — Foto: Cristine Rochol/Prefeitura Municipal de Porto AlegreRio Grande do Sul é o terceiro estado em número de casos de sarampo. — Foto: Cristine Rochol/Prefeitura Municipal de Porto Alegre

Rio Grande do Sul é o terceiro estado em número de casos de sarampo. — Foto: Cristine Rochol/Prefeitura Municipal de Porto Alegre

Com o aumento no número de casos de sarampo em Porto Alegre, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) decidiu intensificar a vacinação de pessoas entre 15 e 29 anos. Equipes da secretaria irão imunizar em quartéis das forças armadas e em universidades. A vacina tríplice viral também é oferecida nas unidades de saúde da rede municipal.

A expectativa da coordenação da Atenção Primária de Saúde é que sejam alcançadas também 130 escolas que integram o Programa Saúde na Escola (PSE). As instituições com maior número de alunos serão visitadas por equipes para vacinar os adolescentes e jovens.

Em 2018, Porto Alegre registrou 36 casos de sarampo, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (18) pela equipe de Vigilância de Doenças Transmissíveis da SMS.

“Dos 36 casos confirmados da doença em Porto Alegre, 94% são de pessoas entre 15 e 29 anos, e mais de 70% delas não estavam vacinadas”, explica o secretário municipal de Saúde, Erno Harzheim.

Tríplice Viral

A vacina contra sarampo é a tríplice viral, que também protege contra rubéola e caxumba. Ela faz parte do calendário de vacinas do país e está disponível no Sistema Único de Saúde (SUS) para pessoas com idade entre 1 ano e 49 anos. Quem tem até 29 anos deve fazer duas doses; entre 30 e 49, uma dose é suficiente.

Caso as duas doses já tenham sido feitas, não é preciso a dose extra. Se não houver comprovação na caderneta de vacinação, as doses devem ser aplicadas. “O ideal é que esses jovens adultos procurem serviços de saúde para avaliação da sua condição.”

Surtos isolados

O Brasil enfrenta surtos isolados de sarampo em 2018. Segundo dados do Ministério da Saúde divulgados nesta quinta-feira (19), são 2.192 casos da doença confirmados, a maior parte no Amazonas e Roraima. O Rio Grande do Sul é o terceiro da lista.

 
  • Amazonas (1776 casos, 6 óbitos)
  • Roraima (330 casos, 4 óbitos)
  • Rio Grande do Sul (43 casos)

Os casos do RS estão distribuídos em cinco municípios: São Luiz Gonzaga (1), Porto Alegre (36), Vacaria (1), Viamão (3) e Alvorada (2).

Além de Amazonas e Roraima, casos isolados foram identificados nos estados do Rio de Janeiro (18), Pará (17, 2 óbitos), Pernambuco (4), Sergipe (4), São Paulo (3), Rondônia (2) e Distrito Federal (1).

Doze pessoas perderam a vida em função do sarampo no Brasil neste ano, todas na Região Norte (Amazonas, Roraima e Pará).

Em 2016, o Brasil recebeu o certificado de eliminação da circulação do vírus do sarampo.

 

Entenda o que é sarampo, quais os sintomas, como é o tratamento e quem deve se vacinar — Foto: Infografia: Karina Almeida/G1Entenda o que é sarampo, quais os sintomas, como é o tratamento e quem deve se vacinar — Foto: Infografia: Karina Almeida/G1

Entenda o que é sarampo, quais os sintomas, como é o tratamento e quem deve se vacinar — Foto: Infografia: Karina Almeida/G1

Fonte: G1